Uva

Cruzamento entre Uvas: Arinarnoa

Publicado em 20 de setembro de 2019
Atualizado em 01 de abril de 2023
Tempo de Leitura 2 mins. de leitura
Thumbnail do artigo Cruzamento entre Uvas: Arinarnoa

Assim como a Marselan do nosso post anterior sobre Cruzamentos entre Uvas, a Arinarnoa também é uma casta tinta que está na lista das novas possíveis queridinhas de Bordeaux. Se as uvas que estão na lista forem aprovadas, os cultivos poderão iniciar em 2020/2021, constituir até 10% do blend final, mas só poderão ocupar 5% da área do produtor, de acordo com o Le Syndicat Viticole des AOC Bordeaux & Bordeaux Supérieur. A Arinarnoa, nosso assunto de hoje, nasceu  durante as alquimias de Pierre Marcel Durquéty (criador também da uva Egiodola, que se destaca no Brasil com a vinícola Pizzato), no ano de 1956 no INRA (Institut National de la Recherche Agronomique), em Bordeaux, na França. Durante muito tempo achava-se que o cruzamento que originou a Arinarnoa era entre a Merlot e a Petit Verdot, porém testes de DNA rechaçaram essa teoria e confirmaram que, na realidade, os pais verdadeiros são as uvas Tannat e Cabernet Sauvignon, o que nos leva a concluir que ela é neta da Cabernet Franc e da Sauvignon Blanc. Em 1980, a variedade foi oficialmente aprovada para ser utilizada nas vinificações. A França é o principal produtor, no sul do país e norte de Cognac (não, não se produz apenas conhaques na região). Saindo da França, hectares de vinhas plantadas dessa casta também são vistos na Espanha, no Uruguai e no Brasil. Alguns destaques são a Argentina, com a Família Zuccardi em uma produção muito pequena, também de origem argentina tem a vinícola Santa Julia que produz varietais não tradicionais, na linha Innovación, sendo uma delas a Arinarnoa. No Líbano, o famoso Château Ksara, que inclusive também é associado ao WSET para promoção da educação etílica, elabora um blend com essa uva. Por brotar tardiamente, é uma ótima casta para evitar estragos em anos que ocorrem geadas de primavera. Os cachos costumam ser abertos, que é uma vantagem para evitar acúmulo de umidade e, consequentemente, doenças fúngicas. As uvas têm cascas grossas que concentram compostos fenólicos e de cor, então os vinhos costumeiramente são estruturados, possuem taninos firmes, com cor profunda, e há possibilidades de encontrar nuances herbáceas, o que também é de se esperar ao analisar os parentais.

Comentários

O blog da Eno Cultura disponibiliza o espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos & Condições de Uso e Responsabilidade.

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos & Condições de Uso e Responsabilidade.

Artigo
Uva

Pinot Grigio

24 de maio de 2023

Pinot Grigio ou Pinot Gris, você provavelmente já ouviu falar dessa uva, mas o que você sabe sobre ela? Aprenda mais com o curso WSET Nível 2!

2 mins. de leitura
Continuar lendo
Artigo
Curso de vinho

O que determina a cor do vinho?

27 de junho de 2023

Por trás das cores do vinho! Há muito mais na cor do vinho do que aparenta. Aprenda mais no curso de vinho WSET Nível 2, conhecido mundialmente.

2 mins. de leitura
Continuar lendo

Participe do Movimento

Prove nossa essência! Inscreva-se hoje e seja o primeiro a receber notícias e atualizações da Eno Cultura.