Blog

Fique por dentro das novidades que acontecem no
mundo dos vinhos e destilados!

Douro Superior
18 de julho de 2022

Douro Superior

Sem categoria

Antes de entrar no tema do artigo, o Douro Superior, vamos entender um pouco sobre Portugal.

É o país mais ocidental da Europa continental. As partes oeste e sul fazem fronteira com o Atlântico e os lados leste e norte, com a Espanha, formando assim, a Península Ibérica.

Apesar da diversidade gastronômica, das riquezas naturais e dos vinhos que são destaque internacional, Portugal é um país pequeno, com pouco mais de 92 Km2. Para se ter uma ideia, o Brasil tem mais de 8,5 milhões de Km2.

Douro

Os solos que predominam no Douro são o xisto, bem como, o granito, sendo o xisto a rocha-mãe. Esse é um tipo de solo que não retém água e, por isso, as raízes das videiras são obrigadas a expandir para camadas mais profundas. De forma geral, a irrigação é proibida, porém cada vez mais com os anos secos os produtores estão conseguindo autorizações pontuais para realizar irrigações.

O Douro é uma região demarcada que segue o curso do rio Douro, por cerca de 100 km. Na parte oeste o limite é a Serra do Marão, na qual o ponto mais alto atinge 1415 metros de altitude. Fator importante que protege o Douro do clima frio e úmido do Atlântico, por isso o clima duriense é continental e quente.

Os vinhedos são conduzidos em terraços, construídos a partir de mão de obra humana já que os terrenos são bem inclinados, de forma geral. Outra forma de conduzir os vinhedos é a chamada vinha ao alto, na qual as vinhas seguem no sentido do declive. Esse tipo de condução é possível em locais menos inclinados, nos quais o trabalho das máquinas torna-se possível.

Devido à beleza da região, o Douro foi reconhecido pela UNESCO como “Patrimônio da Humanidade”.

Saiba que, o Douro possui 3 sub-regiões: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior.

Douro Superior

O Douro Superior está próximo da fronteira com a Espanha, onde em média chove pouco, cerca de 450 mm/ano. Adicionalmente, é a região mais seca e quente do Douro, com os vinhos mais alcoólicos e volumosos. 

Apesar de ser a parte mais extensa do Douro, possui apenas uma pequena participação na viticultura, representa, aproximadamente, 2% da produção dos vinhos da região. A área mais representativa é Cima Corgo, com 54%.

A maior parte dos vinhos são blends e as uvas principais são: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Barroca e, bem como, Sousão. As duas primeiras cumprem papéis fundamentais por reterem acidez e dar origem a notas de frutas pretas maduras.

Dicas de vinhos:

Quinta do Convento Tinto (Wine Concept)

Tecedeiras Reserva (Wine Brands)

Maritávora Nº1 Grande Reserva Branco (Wine & Co)

Estude e saiba tudo sobre Portugal:

Portugal é um país pequeno em área territorial, mas gigante na diversidade e nos fatores imprescindíveis para produzir vinhos fantásticos. No nosso curso on-line cobrimos todas as regiões vitivinícolas e as sub-regiões mais importantes, com informações sobre estilos de vinhos – tranquilos, fortificados e espumantes -, uvas principais, climas, solos, alguns produtores de destaque e produções que fogem do tradicional e trazem uma ousadia interessante para currículo enológico português.

O conteúdo é disponibilizado em videoaulas que somam cerca de 80 minutos e ainda um material de apoio. Você assiste quando e onde quiser! Veja aqui!

+
11 de outubro de 2021

Vinho e churrasco: aprenda a harmonizar os dois!

A ideia de colocar fogo em um braseiro é ancestral e por mais que tenhamos uma gastronomia moderna, cheia de fusões, o tradicional churrasco sempre tem o seu lugar e, portanto, é a refeição preferida de boa parte das pessoas. Levar um alimento à brasa causa mudanças químicas e físicas que garantem sabores e texturas […]

continuar lendo
+
18 de setembro de 2018

Série: Problemas nas Vinhas [ VÍRUS ]

Os vírus também são muito presentes nos vinhedos mas, como raramente matam as vinhas, há uma menor pressão por pesquisa em torno do assunto. Alguns produtores até enxergam alguns vírus como ferramentas para evitar o superamadurecimento de uvas, e outros vão ao extremo de considerar os vírus – e as características que eles imprimem aos […]

continuar lendo
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades

Eno Cultura - Todos os direitos reservados © 2018