Blog

Fique por dentro das novidades que acontecem no
mundo dos vinhos e destilados!

O que é a tal da pirazina no vinho?
20 de abril de 2022

O que é a tal da pirazina no vinho?

Sem categoria

A pirazina, na verdade, refere-se a um grupo de moléculas químicas conhecidas como metoxipirazinas, que estão presentes em algumas uvas. As três mais comuns são: 

  • Isobutil-metoxipirazina (IBMP) é considerado o composto mais importante e está tipicamente presente em vinhos em concentrações de 5-30 ng/L.
  • Isopropil-metoxipirazina (IPMP) e sec-butil-metoxipirazina (SBMP) também estão presentes, mas normalmente em níveis abaixo do IBMP e dos limites de sensibilidade analítica. 

Para se ter uma ideia, todos esses compostos são considerados muito potentes e possuem limiares sensoriais em água de 1-2 ng/L. Isso quer dizer que somos muito sensíveis à presença dessas moléculas químicas, mesmo em baixas concentrações já conseguimos identificá-las.

Aromas associadas à pirazina

Pimentão verde, aspargos, ervilhas, pimenta verde, folhas, bem como, ervas são as principais notas aromáticas.

Em níveis muito baixos e controlados, entretanto, essas moléculas químicas podem contribuir com o vinho e participar da complexidade dele. Por outro lado, em níveis altos podem dominar outros aromas do vinho, como as frutas, as notas florais, as notas do amadurecimento e, dessa forma, irá se configurar como um defeito.

Exemplos de uvas

Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Sauvignon Blanc, Pinot Noir, Syrah, Tempranillo, Grenache, Pinotage e outras…

Fatores que influenciam no aparecimento desses aromas

Exposição à luz, vigor da videira, rendimento, temperatura de amadurecimento, casta e amadurecimento da uva, disponibilidade de água e nitrogênio são alguns dos fatores que podem ajudar no aparecimento dos aromas, digamos, “verdes”.

Controlar a exposição solar, deixar a luz chegar às uvas é crucial para que essas moléculas sejam quebradas e percam sua função de entregar aromas herbáceos, por exemplo. Rendimentos muito altos, falta de podas adequadas, regiões frias para uvas que precisam de calor e a disponibilidade de água e nitrogênio no solo são questões que devem ser avaliadas com frequência para evitar safras desastrosas.

Quer aprender a degustar vinho?

A Eno Cultura é referência no aprendizado sobre vinho no Brasil. Temos ampla diversidade de cursos e turmas de degustação para você se tornar um expert.

Veja alguns cursos aqui!

Turmas só de degustação aqui!

Já conhece o nosso Instagram? Acompanhe nossos conteúdos e agenda de cursos. Entrar no Instagram!

+
4 de julho de 2022

Susana Balbo

Coragem, audácia e inquietude definem bem quem é Susana Balbo. Nascida em uma família tradicional, que possivelmente não esperava que Susana traçaria um caminho profissional pouquíssimo convencional e dominado por homens.  Contudo, assim ela seguiu e em 1981 conquistou seu diploma em Enologia e tornou-se, assim, a primeira mulher enóloga da Argentina. Enfrentando barreiras O […]

continuar lendo
+
20.11 Cruzamento Muller Thurgau 216x270 - Cruzamento entre Uvas: Müller-Thurgau
3 de dezembro de 2019

Cruzamento entre Uvas: Müller-Thurgau

Foi penoso até chegar nos verdadeiros progenitores da Müller-Thurgau, cujo cruzamento ocorreu em 1882 pelas mãos do suíço Hermann Müller, que na época era pesquisador no Geisenheim Research Center, em Rheingau, na Alemanha. À princípio, foi registrado que o cruzamento que a originou era associado à Riesling e à Silvaner (uma das maiores referências dessa […]

continuar lendo
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades

Eno Cultura - Todos os direitos reservados © 2018