Blog

Fique por dentro das novidades que acontecem no
mundo dos vinhos e destilados!

Curiosidades Sobre Regiões: Vale do Loire
14 de outubro de 2019

Curiosidades Sobre Regiões: Vale do Loire

Conteúdo Técnico

Essa nova série estreia com curiosidades sobre o Vale do Loire, região localizada no noroeste francês dividida em várias AOC`s, que ocupam 75% da área, de onde saem diversos estilos de vinhos. Essa é uma das regiões que abordamos no French Wine Scholar, nosso curso avançado sobre França. Ontem iniciamos uma turma em São Paulo e em novembro vamos para Salvador.

 

Reunimos aqui 9 curiosidades interessantes do Loire que englobam os crus, safras especiais e muito mais.

 

Curiosidades sobre o Loire

 

  • Os 3 crus da região de Pays Nantais (Loire Baixa) que são: Muscadet Sevre et Maine Crisson, Muscadet Sevre et Maine Gorges e Muscadet Sevre et Maine Le Pallet obrigatoriamente devem amadurecer um tempo mínimo sobre as borras (sur lie). Crisson e Gorges = mínimo de 24 meses e Le Pallet = mínimo de 17 meses.

 

  • O Vale do Loire tem apenas uma região Grand Cru que é Quarts de Chaume Grand Cru, localizada na parte Média do Loire, onde são produzidos apenas vinhos doces elaborados com uvas exclusivamente Chenin Blanc atacadas pelo fungo Botrytis cinerea.

 

  • A maior rota do vinho francês é o Vale do Loire, com 800 Km rodeados por vinhedos entre leste e oeste. O Vale do Loire é também a região francesa que mais produz vinho branco no país (com estilos doces e secos), sendo a uva Chenin Blanc a única permitida para a elaboração dos doces.

 

  • Uma pequena AOC dentro de Savennières (Anjou), chamada Coulée de Serrant exige que 100% dos vinhos sejam biodinâmicos. O cultivo dos vinhedos iniciou com os monges em 1130 e o biodinamismo passou a vigorar a partir de 1981. A região é um monopólio de Nicolas Joly, uma referência na produção biodinâmica.

 

  • Nos últimos 10 anos as safras que mais se destacaram (consideradas excepcionais) para a produção de brancos e tintos foram a de 2009 (apontada como excepcional para os vinhos doces também) e a de 2015. As conclusões foram tiradas após análises de pesquisas acadêmicas, passando por jornalistas, especialistas, produtores, associações regionais, pesquisas acadêmicas e divulgada pela Wine Scholar Guild, detentora do curso French Wine Scholar ministrado pela Eno Cultura no Brasil.

 

  • Romorantin é uma antiga uva branca originada do cruzamento entre Pinot Teinturier e Gouais Blanc. É considerada irmã da Chardonnay por terem a Gouais Blanc como parental em comum. A Romorantin é cultivada exclusivamente na AOC Cour-Cheverny (Touraine) onde apenas os vinhos brancos secos desta uva são permitidos.

 

  • O Vale do Loire foi uma das últimas regiões a ser atingida pela filoxera e uma das últimas a dar a volta por cima e retomar o ritmo de produção. Foi lá que ocorreu, pela primeira vez, a tentativa do uso de dissulfeto de carbono para combater a moléstia, porém sem sucesso absoluto. O “grande remédio” era mesmo a enxertia.

 

  • A área de Sully-sur-Loire (Loiret) até Chalonnes-sur-Loire (Anjou), que somam 280 Km, foi reconhecida como Patrimônio Mundial da UNESCO no ano 2000. Região marcada por castelos, natureza, cultura, o estonteante rio Loire (o maior da França!) e vinhedos que completam a paisagem.

 

  • Dois Châteaux merecem destaque especial no Vale do Loire: o primeiro é Clos Lucé, local onde Leonardo da Vinci viveu os últimos 3 anos de vida. O segundo é o Château d`Ussé que foi fonte de inspiração de Charles Perrault para o famoso conto de fadas Bela Adormecida.

 

 

 

+
02 Fungos 270x270 - Série: Problemas nas Vinhas [ FUNGOS ]
13 de setembro de 2018

Série: Problemas nas Vinhas [ FUNGOS ]

Os fungos são quase sempre associados à podridão, pois geralmente causam a degeneração da uva, das folhas ou do tronco da videira. Os fungos que podem trazer mais problemas ao viticultor são o oídio e o míldio, mas podemos destacar também o botrytis (embora este possa ser benéfico em certas condições) e os fungos que […]

continuar lendo
+
musica e vinho enocultura whats on 570x270 - Música e Vinho
3 de outubro de 2016

Música e Vinho

Vinho e música: uma combinação perfeita. Vários compositores e músicos escreveram canções que falam sobre o líquido dos Deuses. Chico buarque e Milton Nascimento escreveram “Cálice” “Afasta de mim este “cálice” de vinho tinto de sangue!” Roberto Leal escreveu Vinho Verde “Vamos brindar com Vinho Verde que é do meu Portugal! ” Wander Wildner compôs […]

continuar lendo
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades

Eno Cultura - Todos os direitos reservados © 2018