Curso de vinho

Eno Cultura conclui a primeira turma WSET Diploma no Brasil

Publicado em 06 de fevereiro de 2023
Atualizado em 24 de abril de 2023
Tempo de Leitura 15 mins. de leitura
Thumbnail do artigo Eno Cultura conclui a primeira turma WSET Diploma no Brasil

A Eno Cultura, referência em educação de vinhos no Brasil, concluiu, com muito orgulho, trabalho e dedicação dos alunos, a primeira turma do último nível da WSET. Com quase 10 anos de atuação no mercado, a escola formou 8 alunos nesta primeira turma que agora possuem o Diploma WSET no Brasil, onde existem cerca de 30 pessoas detentoras desse certificado internacional.

Ao longo da trajetória da Eno Cultura, vários pontos foram importantes para a construção de pilares sólidos com o objetivo de se tornar referência na América Latina, como por exemplo: entender a dificuldade dos alunos e ajudá-los a superá-las e, principalmente, COMPROMETER-SE COM O SUCESSO de cada um deles. A busca incessante por desenvolver o mercado brasileiro no setor com profissionais qualificados rendeu os títulos de Educador do ano pela WSET em 2017, bem como, pela WSG em 2019.

A conquista para ministrar o mais alto nível da WSET

Em 2019, também, a Eno Cultura recebeu a homologação para ministrar o WSET Nível 4 – Diploma depois de obedecer uma série de pré-requisitos, como, por exemplo, ter a sala de aula na própria sede, ter aprovado, no mínimo, 50 alunos no WSET nível 3 por ano, considerando os últimos três anos – total de 150 pessoas (e conquistaram muito mais com índices de aprovação maiores que os globais). O título de educador do ano corroborou para esta homologação e mostrou o potencial da escola em ministrar o “flagship” de todos os cursos da WSET.

Para ministrar o WSET Nível 4 – Diploma, a Eno Cultura conta com um corpo docente robusto de profissionais da indústria brasileira com experiências em diversas áreas, adicionalmente, conta com professores DipWSET que atuam fora do Brasil, como:

  • a brasileira Cynthia Richter DipWSET residente na Alemanha, diretora de educação da Grape Skills, Certified Educator of Jerez Wines, Spanish Wine Expert, WSET Certified Educator, Master of Wine student Stage 2; 
  • o inglês Matthew Gaugham DipWSET, WSET Certified Educator, Master of Wine student stage 2, freelance wine writer;
  • o chileno Marco De Martino DipWSET, WSET Certified Educator, Enólogo, Master of Wine Student stage 2, Chile specialist;
  • a inglesa Laura Kent DipWSET, WSET Certified Educator, Finalista do prêmio WSET Educator of the year 2017, FWS, IWS

 

Desse modo, a Eno Cultura é a única escola da América Latina autorizada a ministrar este último nível dos cursos WSET. A escola juntou-se ao seleto time de 35 entre 880 provedores de 75 países a apresentarem os rigorosos atributos necessários para oferecer esta certificação, que é a última e desafiadora etapa de estudos da Wine & Spirits Education Trust. 

A primeira turma WSET Nível 4 – Diploma no Brasil

As 25 vagas disponíveis para a primeira turma esgotaram rapidamente a partir de uma lista de espera que foi sendo construída pela escola ao longo dos anos. O desejo pelo mais alto patamar da WSET mostrou que a Eno Cultura estava no caminho certo. Uma nova jornada foi iniciada por esses alunos que enfrentaram uma pandemia no meio dos estudos. Contudo, com muita dedicação da Eno Cultura e dos alunos, parte das aulas foram on-line para os estudos não pararem, a fim de manter a motivação e alcançar o sucesso tão sonhado.

Dinâmica, a Eno Cultura adaptou os planos de aula de acordo com o estilo de vida dos brasileiros. Flexibilidade, mentorias, degustações guiadas, bem como, exercícios pré-prova com feedbacks claro para a alta performance da turma, foi a forma encontrada para direcionar os alunos o mais próximo possível do estilo das provas . Os alunos precisavam conhecer com nitidez as “regras do jogo” para colher o sucesso! 

Conheça nossos cursos aqui!

Entenda o programa

O Diploma WSET, desenvolvido para uma duração de 2 a 3 anos, é um programa de qualificação que leva o estudante a um conhecimento altíssimo, que poucas pessoas possuem no Brasil. É a realização do sonho para quem atua na área e fora dela para estar no mais alto patamar de conhecimento de vinhos. 

“O que eu diria para um aluno que pretende ingressar no programa? Você vai mudar a maneira como vê o vinho e se relaciona com ele. Todas as etapas do processo são compreendidas: da viticultura à comercialização, o que garante ampla possibilidade de atuação dentro do mercado de trabalho.”

Thiago Mendes, diretor e sócio da Eno Cultura

O conteúdo deste último nível é um aprofundamento da compreensão de como e por que os fatores de produção e negócios do vinho influenciam no estilo, qualidade e valor. A expertise do aluno é construída com base teórica por meio da compreensão do estudo de um grande número de regiões. Os formandos bem-sucedidos adquirem capacidade analítica excepcional e proficiência em degustação de vinhos, ganhando reconhecimento e autoridade como especialista.

Veja como os módulos são divididos:

Na Eno Cultura, o curso é dividido em 6 módulos de estudos (sendo 5 deles podendo ser cursados separadamente), com aulas on-line e presenciais, degustação de cerca de 300 vinhos, com datas fixas para os 5 exames e para a entrega do trabalho individual de final de curso. O material de estudo que conta com 5 e-books completos e as aulas ministradas são integralmente em inglês, por isso a proficiência no idioma é interessante para alcançar bons resultados. Para aqueles que deixaram o inglês de lado por um tempo, pode ser uma ótima oportunidade para resgatar a boa leitura e escrita e, consequentemente, a fala.

O certificado WSET Nível 3 em vinhos é um pré-requisito para cursar o Diploma. 

D1: Produção

Anatomia videira/uva, rendimento, fatores naturais, vinificação e estilos, qualidade do vinho.

 

D2: Negócios do vinho

Negócios envolvidos na produção de vinho, ponto de venda, preços e marketing.

 

D3: Vinhos do mundo

Detalhamento profundo de uvas, regiões, estilos, legislações e negócios de países produtores.

 

D4: Espumantes

Cobertura completa sobre espumantes do mundo: regiões, uvas, vinificações, estilos, leis, bem como negócios.

 

D5: Fortificados

Cobertura completa sobre fortificados do mundo: regiões, uvas, vinificações, estilos, leis, bem como negócios.

 

D6: Pesquisa final

Pesquisa específica sobre um tema relacionado ao vinho.

 

O Diploma e o mercado de trabalho

O mercado de trabalho sempre está aberto para profissionais de excelência. Atualmente, no Brasil, há uma grande demanda por mão de obra de alto nível para venda de vinhos de alta gama, conteúdos, treinamentos e gestão de compras. Sem dúvidas, O WSET Nível 4 – Diploma é a principal qualificação que forma esse tipo de profissional tão desejado no mercado e que almeja uma posição de destaque.

 

Conheça mais a Eno Cultura

Há 10 anos a Eno Cultura vem revolucionando o ensino de vinhos no Brasil, com inovação nos métodos de ensino, professores especializados em diversas áreas do mercado, além de disponibilizar materiais adicionais em uma plataforma de ensino exclusiva para os alunos.

A escola conta com 10 professores com Certificação de Educador Oficial aprovado pela WSET e 08 formados com Diploma WSET no corpo docente, sendo a maior concentração de educadores Dip WSET da América Latina, e a primeira e única escola a receber o prêmio de educadora do ano pela WSET Global na região.

Bate-papo com os mais novos DIPs WSET do Brasil

A Eno Cultura conversou com alguns alunos que finalizaram o sonhado Diploma. Entenda a trajetória deles, as motivações, as dicas para os futuros alunos e como eles esperam construir os próximos passos.

Carlos Mazon DipWSET

1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET?

O Diploma WSET é uma das mais respeitadas e valorizadas certificações da indústria do vinho, com reconhecimento global. Tenho trabalhado uma transição gradual de carreira da indústria de TI para a do Vinho, e quando a Eno Cultura trouxe o curso para o Brasil, em 2019, vi a oportunidade de me diferenciar profissionalmente num mercado ainda incipiente e com excelentes perspectivas no país. 

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

Eu me inscrevi no curso achando que já sabia muito e que a graduação viria naturalmente.  Ledo engano … durante a jornada, aprendi que teria que estudar muito, quebrar meus paradigmas e estar aberto a ouvir e complementar meus conhecimentos.  

“O Thiago Mendes, nosso principal guia e mentor, sempre nos disse que a jornada do Diploma era uma jornada de humildade e concordo plenamente.  O aprendizado que o curso possibilita é enorme, distinto, e realmente leva os candidatos a subir de patamar de conhecimento.”

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

Os desafios foram muitos, especialmente por uma pandemia inesperada, que complicou bastante o desenrolar do curso.  Isto à parte, os maiores desafios foram aprender a diversificar, ou seja, provar e analisar vinhos que eu não estava habituado a beber, e aprender com as impressões dos outros. Eu era um enófilo muito experimentado, mas somente dos vinhos e estilos que agradavam ao meu gosto pessoal.  

“Conhecer melhor vinhos fortificados, castas e regiões menos emblemáticas e analisar os vinhos de forma independente foi uma revelação para mim e talvez o mais fascinante aprendizado de todo o curso.”

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Particularmente, adoro os cursos do WSG (Wine Scholar Guild).  Durante o Diploma, evitei me inscrever nesses cursos porque as fontes de informação, muitas vezes, são divergentes e não queria que interferissem na minha preparação para os exames do Diploma.  Agora que finalizei o percurso WSET, pretendo me engajar nos cursos do WSG e SWE, começando pelo CSW (SWE), meu próximo objetivo de médio prazo.  Depois, Italian Wine Scholar e os Master Levels do WSG. 

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

Estou migrando gradativamente para viver 100% do mercado de vinhos.  Quero lecionar em alguma instituição que eu respeite, porque tenho um histórico de 13 anos como professor em TI e vejo isso como um caminho natural.  Já atuo como representante de vendas, agente e consultor para consumidores, vinícolas e distribuidores e espero continuar expandindo minha atuação.  A TI é ainda a área que paga minhas contas e deve continuar assim por um certo tempo. Também tenho a ideia de empreender na indústria do vinho e já conversei com alguns colegas que compartilham a mesma visão e objetivos.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Leia os materiais de suporte (Specification, Theory Guidance, Tasting Guidance, Examiners Reports, etc) em detalhes.  Esse é um processo de aprendizado britânico e realmente tudo que você precisa saber está devidamente escrito nos materiais.  Exercite o raciocínio lógico, ou seja, causa e efeito, que é uma das mais importantes habilidades testadas nos exames.  

“Deguste muito, sem preconceitos, calibrando a análise sensorial, exercitando as avaliações de qualidade, capacidade de evolução em garrafa e mantenha a mente e ouvidos abertos para aprender com os professores e colegas.”

Claudia Oliveira DipWSET


1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET? 

“Há muito anos tinha planos de fazer o Diploma, quando soube que a Eno Cultura traria o curso para o Brasil, não pensei duas vezes.” 

O que me motiva é sempre a possibilidade de aprender mais sobre o mundo dos vinhos e, como educadora, me capacitar para transmitir isso aos meus alunos. Essa é uma titulação bastante conhecida e prestigiada internacionalmente, que proporciona uma ótima oportunidade de aprofundamento nos estudos por meio de material didático de qualidade, degustação de vinhos e aulas com professores experientes. 

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

Já conhecia a metodologia de ensino da WSET e também a Eno Cultura, então as expectativas eram de aprender muito sobre vinhos. No entanto, ao longo dos seis módulos, o que me surpreendeu foi perceber que esse era um trabalho de equipe. Estudar para Diploma é uma tarefa árdua, demanda muito tempo de leitura, memorização de muitas informações, degustação de muitos vinhos, aprendizado de técnicas de prova, sensibilidade para juntar a teoria à prática e fazer uma boa avaliação dos vinhos às cegas.

Tudo isso não se faz sozinho, é preciso mais que vontade própria, demanda que as pessoas ao seu redor abra mão de parte do tempo que você dedica a elas; investimento financeiro; bons mentores e colegas que sejam parceiros. Nesse último ponto, gostaria de destacar que sem o empenho do Thiago Mendes essa primeira turma de DipWset não seria possível, assim como sem o apoio mútuo dos colegas a jornada seria ainda mais exaustiva.

“Esse é um sonho que se sonha junto com professores e colegas, a experiência de quem já fez o Diploma e a troca com quem está fazendo junto com você são fundamentais para a construção do aprendizado.”

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

O Diploma é um comprometimento de estudo a longo prazo, com o decorrer do tempo os desafios vão se sucedendo e alternando. No caso da primeira turma, por exemplo, a pandemia foi uma variável inesperada e atrasou um pouco o curso. No geral, o maior desafio é a quantidade de matérias que precisamos estudar e o tempo demandado para isso. Minha estratégia para superar essa dificuldade foi aproveitar os fins de semana para leitura e também fazer resumos para otimizar o tempo de revisão. 

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Eu sou Sommelière com formação profissional, por isso tenho interesse em saber mais a respeito de todas as bebidas, buscarei outros cursos internacionais.  A respeito de vinhos, há algumas regiões produtoras que pretendo aprofundar os estudos. 

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

O sonho é ser uma profissional que consiga auxiliar no crescimento da indústria do vinho no Brasil. O país tem um potencial imenso, o surgimento de novas regiões produtoras e o aumento no consumo da bebida tem mostrado isso. 

“Há muitas áreas em que um DipWSET pode atuar profissionalmente e contribuir para a formação de melhores profissionais e apreciadores de vinhos.” 

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

A primeira coisa que diria para futuros aplicantes ao Diploma é que a jornada é difícil, mas que vale a pena. Como premissas, o Diploma demanda tempo e investimento financeiro, dessa maneira, assegure-se de que está em um momento da vida no qual possa dispor de ambos, seria frustrante ter que abandonar os estudos na metade.

Quanto às dicas de estudos, falaria da importância de ter um grupo de estudos e degustação com os colegas de curso. Cada pessoa estuda de uma maneira diferente em casa, uns focam em fazer resumos, outros em assistir/ouvir as aulas seguidas vezes, outros em ler o material diversas vezes, ao longo do tempo, o aluno encontra a sua melhor estratégia. No entanto, o estudo em grupo ajuda a criar um senso crítico sobre a teoria, a chamar atenção para alguns pontos que possam ser negligenciados e a calibrar as percepções na degustação. A dica é essa: busque apoio com seus colegas, eles entenderão o momento que você está passando e também ajudarão nos estudos.


Vinicius Santiago DipWSET

1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET?

“É uma das formações mais completas e reconhecidas internacionalmente no mundo dos vinhos, me permitiria ministrar mais aulas dentro das formações do WSET e era o próximo passo lógico na minha formação profissional.” 

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

As expectativas eram de que fosse uma formação abrangente e, também, completa, que foram atendidas. O mais surpreendente é a maneira bastante lógica e pragmática de estudar e compreender vinhos, seu ambiente de cultivo e os fatores que influenciam seu estilo, custos e preço de venda do início ao final do processo. A WSET foca nas diversas relações entre as muitas áreas que fazem parte da elaboração dos vinhos, permitindo uma visão holística dos produtos, com pensamento crítico e bem embasado. 

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

O volume de informações. Como diz o Thiago Mendes, este é um curso vasto, mas relativamente pouco profundo. Ainda assim a quantidade de informações é imensa. Tentei superar com estudo, degustação, aulas online, revisões e grupo de estudos.

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Buscar especializações em alguns países como Espanha e Itália e em outras bebidas, como destilados e sake.

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

Ser reconhecido como uma das principais referências no ensino de vinho e, bem como, outras bebidas no mercado.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Reserve recursos e não desista. 

“É uma formação longa que exige preparo, foco e comprometimento. Mas, principalmente, todo o esforço vale a pena.”


Érico Dias DipWSET


1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET?
Paixão pelo vinho e pelo conhecimento.


2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

Que seria muito desafiador. 

“Surpreendeu a diversidade de conteúdos abordados.”


3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

Conciliar tempo para estudo com a vida profissional. Disciplina.


4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Agora é tirar um tempo para descanso; em seguida voltar ao planejamento dos estudos.

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

Ver o mercado brasileiro crescer em volume e qualidade. Porém, pessoalmente, assumir algumas atividades relacionadas ao ensino.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Nunca acumular conteúdo e não perder os testes simulados.

 

Celia Corigliano DipWSET

1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET? 

Desafio, conhecimento, superação (superar a si mesmo – estar sempre se testando). O objetivo é não parar, manter sempre os neurônios ativos num assunto que a gente adora.

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

Um material completo, ter contato com gente que estuda muito sobre vinhos e compartilhar. 

“Fui surpreendida com o fato de que expor a um desafio destes faz com que pessoas que jamais você imaginasse conhecer, de repente, aparecem no seu caminho e compartilham contigo esta jornada, de uma forma ou de outra.”

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

Efetivamente foi pensar de uma forma diferente, expor ideia e fazer com que quem te avalia efetivamente entenda como você pensa. É uma questão de convencer-se a si e ao outro.

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Continuar estudando, buscando, compartilhando. 

“É um caminho sem volta. Buscar novas jornadas e sonhar muito alto.”

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

É poder compartilhar conhecimento, compartilhar bons momentos com amigos, dissipar o que se aprende. O mundo do vinho é para todos.

E continuar a jornada. Hoje não sou, ainda, uma profissional do vinho. Mas é um sonho ter uma atividade mais perene na área.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Foco, dedicação. Não desistir. Acreditar em si, é possível.

E o mais importante: compartilhar sempre.


Maria Cecilia Vergara DipWSET

Decidi fazer o Dip porque queria aprofundar meu entendimento sobre vários aspectos do Vinho. Entender o que fundamentalmente impacta nas características ou qualidade de um vinho. 

“Tem muita desinformação e bobagem circulando e aprender junto a uma instituição como a WSET faz diferença. O curso é muito bem estruturado.”

Não se trata de volume de informação, mas, sim, como você junta esses blocos de informação para estruturar um processo lógico de pensamento e entendimento.  Depois que a gente entende isto é ainda mais prazeroso fazer o curso e dividir “a viagem” com os colegas. 

“Foi muito melhor do que eu esperava.”

Próximos passos? Hmmm quem sabe o MW ?

Eduardo Araújo DipWSET

1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET? 

O Diploma sempre foi um objetivo pessoal e profissional, passar por essa preparação para superar uma das etapas mais difíceis que existem nas certificações de vinho.  

“Entrar num seleto grupo de pessoas que possuem maior visibilidade profissional e um reconhecimento internacional.” 

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

A expectativa era de ter um currículo massivo, um material completo e ter coisas novas para aprender mesmo depois de 15 anos na indústria. 

“Me surpreendeu a metodologia de passar toda essa informação de maneira padrão para uma prova que é igual em todo o mundo. Muito disso se deve ao padrão de qualidade dos instrutores.”

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

O desafio maior foi estudar “sozinho”. Morando longe dos grandes centros é uma tarefa mais difícil. Ainda mais, durante a pandemia. Também conciliar com sua rotina diária, outros trabalhos e outros cursos sendo ministrados com outra língua e léxicos.

Tentei aproveitar cada oportunidade de estudo, mesmo que por vezes o planejado de horas por dia não desse certo, além de leituras complementares e grupos de estudantes internacionais em redes sociais para dicas e ideias.

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

Lógico que o Master of Wine é o “Santo Graal” de toda essa busca pessoal e profissional, mas, acredito que por diversos fatores ele esteja fora dos meus planos, pelo menos pro futuro breve.

Pretendo realizar formações mais voltadas para áreas de atuação, como especialização em algumas regiões que trabalho mais próximo.

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

Nunca pensei em sonhos distantes, ao mesmo tempo, já realizei mais do que um dia sonhei quando entrei nesse mercado, tenho meus próprios negócios, consegui formar centenas de novos profissionais e enófilos com aulas e cursos e já recebi alguns prêmios importantes.

Acredito que uma coisa que ainda penso é ter uma carreira internacional, vamos ver.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Acho que o nível de conhecimento é alcançável para todos! Contudo, minha dica é masterizar o inglês. 

 

Marcus Zanetti DipWSET

1) O que o motivou a fazer o Diploma WSET? 

Comecei minha jornada no mundo dos vinhos há mais de quinze anos fazendo um curso básico que foi um divisor de águas em minha vida. Desde então, busquei diversos cursos e especializações. O DipWSET sempre foi uma meta muito alta e que eu imaginava ser impossível…

 

2) Quais eram as suas expectativas para o curso, e o que te surpreendeu sobre ele?

Minha expectativa era a de aprender muito e realmente o fiz. Me surpreendeu a abrangência do conteúdo, que além dos vinhos de cada região, também aborda tópicos de viticultura, história e até mercado do vinho. Entender como esses elementos se relacionam e influenciam os vinhos de cada lugar foi revelador. 

Outro aspecto muito importante foi poder interagir com outros alunos. Sem dúvida aprendi muito com meus colegas de sala. Espero manter contato com essa turma para sempre.

Agora, entre nós, sempre imaginei que seria um curso difícil. Nesse quesito minhas expectativas foram definitivamente superadas :-).

 

3) Qual foi o seu maior desafio no Diploma WSET – e como você tentou superá-lo?

Meu maior desafio foi conciliar meu dia a dia de trabalho, minhas atividades como Presidente da SBSomm e a rotina intensa de estudos e aulas, principalmente nessa reta final do curso.

Precisei organizar muito bem a minha agenda e sobretudo abdicar de muitas coisas. Foram noites, finais de semana e até mesmo férias tiradas com o intuito simples de estudar.

Pra você ter uma idéia, eu moro em Campinas mas tenho uma rotina constante de idas a São Paulo à trabalho. Em todas as viagens eu dirigia ouvindo a gravação das aulas online. Confesso que no final eu já era capaz parafrasear o professor – “furei o disco” da Enocultura.

 

4) Agora que você concluiu o Diploma WSET quais são os seus próximos passos em sua educação etílica?

No momento quero um pouco de férias, mas confesso que recentemente andei participando de alguns eventos online sobre o Master of Wine.

 

5) Qual é seu sonho como profissional do mundo do vinho?

Amo dar aulas, creio que é um pouco genético, filho de professores que sou. Para você ter uma idéia, num passado distante, era professor de MBA nas disciplinas de gestão de projetos.  Há 5 anos comecei a dar aulas de vinho na ABS e depois na SBSomm.  

Quero continuar minha trajetória de educador, quiçá preparando alunos da WSET e quem sabe até participar da educação de novos DipWSET.

 

6) Para futuros aplicantes ao Diploma WSET, quais são suas dicas de estudo e preparação?

Vou dar 7 dicas:

  1. Tenha seu inglês preparado. Para cada questão respondida, você precisa ser capaz de escrever uma redação de no mínimo duas páginas em 40 minutos.
  2. Esteja pronto para abdicar de várias coisas pelos estudos
  3. Aproveite seus colegas de sala. Estudo e degustações em grupo vão virar rotina.
  4. Faça resumos. Além de ajudar a internalizar o conhecimento, eles são essenciais para fazer uma rápida revisão próximo às provas.
  5. Leia atentamente às documentações fornecidas pela WSET. 
  6. Leia e refaça provas antigas. É incrível o quanto esse exercício te ajuda a abrir a cabeça para como a WSET espera que suas respostas sejam elaboradas
  7. Aproveite a jornada. Aprenda, deguste, exercite, mas sobretudo divirta-se 😉

“Praticar muito a forma e método de escrita exigido nas respostas, saber como responder e gerenciar o tempo, e o nervosismo, é fundamental!

Conhece o nosso Instagram? Postamos muito conteúdo, bem como todas as novidades da Eno Cultura.

 

Comentários

O blog da Eno Cultura disponibiliza o espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos & Condições de Uso e Responsabilidade.

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos & Condições de Uso e Responsabilidade.

Artigo
Curso de vinho

Dicas para aplicantes ao WSET Nível 4 – Diploma

03 de julho de 2023

Trouxemos algumas dicas especiais do nosso aluno formado no Diploma, Martin Champagne. Conheça o curso WSET Nível 4!

2 mins. de leitura
Continuar lendo
Artigo
Curso de vinho

Promoção Dia dos Namorados

01 de junho de 2023

Nenhuma descrição disponível para o artigo, leia o artigo completo para saber mais.

< 1 min. de leitura
Continuar lendo

Participe do Movimento

Prove nossa essência! Inscreva-se hoje e seja o primeiro a receber notícias e atualizações da Eno Cultura.